- DayCâmbio - Grupo Daycoval - https://www.daycambio.com.br/quais-as-diferencas-entre-cambio-comercial-turismo-e-paralelo/

Você já deve ter visto no noticiário. Quase todos os dias, especialistas no assunto fazem comentários sobre o câmbio comercial, câmbio turismo e câmbio paralelo. Certamente, deve ter prestado atenção na hora em que foi mencionado o câmbio turismo. É normal. Todos gostamos de férias e geralmente notícias sobre viagens despertam curiosidade, por isso é interessante conhecer as diferenças entre o câmbio turismo, câmbio comercial e o paralelo. Vamos explicar as diferenças abaixo.

No Brasil, existem três classificações para a cotação da moeda estrangeira, tais como dólar comercial, dólar turismo e dólar paralelo. Cada cotação é aplicada para determinada finalidade, de acordo com a natureza da operação.

Desde 2005, uma resolução do CMN (Conselho Monetário Nacional) unificou o câmbio comercial, também chamado de “mercado de câmbio de taxas livres”, e o câmbio flutuante, que era utilizado para o registro das operações de câmbio turismo, em um único mercado de câmbio legal no País. Os termos “comercial” e “turismo” continuam sendo utilizados para indicar as diferentes taxas, que variam conforme descrito a seguir.

Câmbio comercial

O câmbio comercial é utilizado para operações de câmbio de importação e exportação de mercadorias ou serviços e também para remessas/transferências financeiras. A cotação neste mercado é a base de cálculo para a taxa do câmbio turismo.

Câmbio turismo

A cotação do câmbio turismo é utilizada nas operações de compra e venda de moeda estrangeira com objetivo de viagem ao exterior. Também é base no caso de débitos em moeda estrangeira no cartão de crédito. O valor desta cotação é superior em relação à cotação do câmbio comercial, devido aos custos envolvidos desde a importação da moeda do país de origem até a colocação nas empresas de câmbio, tais como taxas bancárias, transporte, manutenção e seguro em caso de roubo.

Câmbio paralelo

O câmbio paralelo é um mercado “não oficial”, geralmente da divisa norte-americana. Como não sofre supervisão do Banco Central, é considerado ilegal. Tal cotação só existe porque transações fora dos meios oficiais movimentam uma considerável quantia de dinheiro. Esse tipo de transação é considerado criminoso e clandestino, sujeito a penalidades, por não seguir a legislação vigente. Está relacionado às operações de desvio e lavagem de dinheiro, sonegação, contrabando e tráfico.

Então, agora você já sabe. Quem viaja ao exterior e fica de olho na cotação do dólar ou outra moeda estrangeira, precisa ficar atento à taxa de compra do dólar turismo. É com base nele, por exemplo, que as agências de viagem elaboram os orçamentos e calculam o valor que os viajantes terão de pagar pelo pacote turístico ou outra solicitação. As empresas de câmbio também trabalham com esse tipo de cotação na hora de negociar com os viajantes. É a cotação da moeda com taxa mais cara, pois as empresas de câmbio e demais estabelecimentos que comercializam, têm custos extras para ter a moeda disponível (compra da moeda, transporte, armazenagem, seguro) e isto precisa ser repassado ao consumidor.

Preço de Compra e de Venda

É interessante saber também que, quando é divulgada a cotação do dólar, fala-se em preço de compra e de venda.

O preço de compra é o valor pago por instituições como casas de câmbio, ao adquirir o dólar. Quando é o consumidor final quem vai adquirir a moeda, ele compra da casa de câmbio pelo preço de venda e, caso ele mesmo tenha moeda estrangeira para vender, a Casa de Câmbio vai comprar dele pelo preço de compra.

Ou seja, apesar de parecer estranho, a compra da moeda pelo consumidor é feita usando a cotação de venda, mais alta, e a venda da moeda é pela cotação de compra, que é mais baixa. A diferença entre as duas cotações refere-se à margem e custos do intermediário. Por este motivo, se você fizer o câmbio de moeda estrangeira em aeroporto, por exemplo, a taxa costuma ser mais alta do que se você fizer o câmbio em uma outra loja ou instituição financeira, tais como Casa de Câmbio.

Como comprar dólar, no câmbio turismo, a um bom preço?

É sempre bom pesquisar para encontrar a Casa de Câmbio que vai garantir a melhor taxa na hora de comprar dólar no câmbio turismo.

Por atuar em todo o território nacional, o DayCâmbio oferece a mais competitiva e melhor taxa de compra. Como faz parte  da maior rede de casas de câmbio do Brasil, as taxas de compra do DayCâmbio são reduzidas e, assim, nossos clientes tem vantagem de uma menor taxa de câmbio para a compra de moedas estrangeiras.

No site do DayCâmbio, o cliente pode comprar dólar e comprar euro, contato com canal direto também para negociar com nossas unidades libra esterlina ou qualquer outra moeda estrangeira com total comodidade e segurança. Pode ser moeda em espécie ou em cartão de viagem pré-pago e a compra acontece de forma simples e prática, com entrega* no endereço que preferir ou retirada em uma das nossas unidades.

A equipe de operadores da DayCâmbio está sempre à disposição em diversos canais de atendimento para tirar dúvidas e auxiliar em qualquer operação de compra de moeda. Pode ser telefone, WhatsApp, e-mail, direct Instagram ou chat.

Procurando dólar ou outras moedas com a melhor taxa de câmbio turismo?

Compre no DayCâmbio. Sua moeda em poucos cliques e com economia.

DayCâmbio – Sua empresa de Câmbio Turismo

Segurança, praticidade e as melhores taxas do mercado. Acesse www.DayCâmbio.com.br e compre agora, sem sair de casa.